O Ciclo de Vida da Informação

Todo e qualquer momento vivido pela informação, até mesmo situações de riscos, é designado de ciclo de vida da informação. Os momentos são vivenciados justamente quando os ativos físicos, tecnológicos e humanos fazem uso da informação, sustentando processos que, por sua vez, mantêm a operação da empresa. Existem quatro momentos do ciclo de vida da informação (imagem abaixo) que são merecedores de atenção, pois correspondem às situações onde a informação é exposta a ameaças colocando em risco sua integridade.

Ciclo_de_Vida_Informacao

 

Conforme pode ser observado na imagem, o manuseio corresponde ao momento em que a informação é criada e manipulada, seja ao folhar papéis, digitar informações recebidas, ou até senha de acesso para autenticação. O armazenamento corresponde ao momento em que a informação é guardada, seja em banco de dados, anotações em papel, mídia óptica etc. O transporte corresponde ao momento em que a informação é transportada, seja por correio eletrônico, postal, telefone etc. E por fim o descarte, momento em que a informação já não é mais útil, podendo ser depositada em uma lixeira, apagada do banco de dados etc.

Referências

LAUREANO, Marcos Aurélio Pchek; MORAES, Paulo Eduardo Sobreira. Segurança como estratégia de gestão da informação. In: Revista Economia & Tecnologia, v. 8, fasc. 3, p. 38-44, 2005. Disponível em: <http://www.ppgia.pucpr.br/~euclidesfjr/SEGURANCA_DA_INFORMACAO/economia_tecnologia_seguranca_2005.pdf>. Acesso em: 12 fev. 2013.